07 setembro 2014

"Quando alguém está ressentido por não fazer parte da moda, de qualquer moda, costuma argumentar assim: isso é só uma moda, logo passa, não vai vingar! É um argumento bem comum, e tolo por diversos motivos, mas principalmente porque uma previsão destas tem tudo pra dar errado. Ora, na maioria das vezes o que está na moda hoje é o que vai vingar mesmo. É verdade que a moda passa, mas o que vem depois? A justiça divina? Não, vem outra moda. Bom, não é muito difícil de entender isso. A questão, portanto, é saber sobreviver a várias modas. Vejam Picasso, por exemplo, o artista mais bem sucedido do século XX: sempre esteve na moda. Balzac também. Na verdade, exemplos não faltam. Enfim, se você é uma pessoa muito talentosa, está fora de moda e acha que a história está aí pra te salvar, é melhor se agilizar logo. Aproveita que hoje é sexta. Se a moda não é justa com você, por que a história seria? De minha parte, é claro que estou fora de moda, mas só Deus sabe o quanto sofro por isso."

Victor Rosa